Por: Carolina Vilanova

A troca dos filtros de óleo no prazo determinado pelo fabricante do veículo é fundamental para manter o motor saudável, dentro dos limites de desempenho, consumo e de emissão de poluentes

3387

Proteger os componentes internos do motor e garantir o bom funcionamento e a vida útil do conjunto. Esse é o principal objetivo de um filtro de óleo lubrificante, um componente de fácil manutenção e simples instalação, mas que muitas vezes é esquecido pelo motorista, provocando sérios danos ao motor e colocando em risco seu desempenho e durabilidade.

A troca do filtro está descrita no manual do proprietário, assim como o tipo de óleo e filtro que devem ser usados. É essencial que a aplicação seja correta para que as especificações sejam atendidas. Muitos motoristas levam o carro para trocar o óleo no posto, mas deixar o serviço por conta de um profissional capacitado, ou seja, um mecânico, reduz os riscos de uma troca errada ou de uma aplicação incorreta.

Conforme as explicações da Bosch, o filtro previne que os contaminantes e a sujeira que se acumulam no óleo lubrificante durante o funcionamento do veículo entre em contato com as partes móveis do motor, prejudicando o conjunto. Para garantir o seu perfeito funcionamento e a proteção do motor é necessário efetuar a manutenção preventiva rigorosamente.

E os fabricantes insistem: o ideal é trocar o filtro todas as vezes em que o motorista trocar o lubrificante do carro. Essa medida serve para evitar que o óleo novo se misture com o usado, que está contaminado de combustível (resultado da queima não perfeita), água, carbonização e metais (do desgaste natural do motor). Esses resíduos ficam acumulados no filtro e podem acelerar o desgaste das partes móveis e componentes internos do motor, além de formar borra (cra-queamento das moléculas do óleo).

 

Funções do óleo do motor

– Reduzir a fricção entre as peças

– Reduzir o desgaste e a perda de potência

– Eliminar partículas abrasivas das superfícies de fricção

– Dissipar o calor

fonte: Bosch

 

Contaminantes que podem causar danos ao motor

– Partículas orgânicas e inorgânicas de pó

– Partículas provenientes do desgaste do motor

– Água proveniente da condensação

– Ácidos gerados pelo processo de combustão

– Combustíveis não queimados

– Decomposição dos aditivos do óleo

Fonte: Bosch

Componentes

A Junta de vedação

– Resiste a altas temperaturas e garante 100% de impermeabilidade durantetoda a vida útil do filtro
B Corpo do filtro

– Possui proteção anticorrosiva e éaltamente resistente à pressão e aos componentes metálicos

C Meio filtrante

– Novo papel filtrante que proporciona maior vida útil, resistência a altas temperaturas

D Válvula de segurança (bypass)

– Permite que o motor continue sendo lubrificado, mesmo que o filtro de óleo esteja saturado ou obstruído, até que o mesmo seja substituído-

E Válvula de retenção (antirretorno)

– Evita que o óleo do filtro retorne ao cárter depois que o motor é desligado, garantindo lubrificação imediata quando o motor voltar a funcionar

3375

 

Manutenção

“O filtro de óleo passou por uma grande evolução para atender as especificações atuais dos motores e para ser alojado em espaços cada vez mais reduzidos. Além disso, os componentes internos são mais eficazes, pois a tecnologia dos materiais de filtragem sofreu aprimoramentos”, conta Vilmar Betarello, do Marketing Comercial da Bosch.

Filtros avariados

 

3389

Passou muito tempo da troca do óleo

3390

Sofreu impacto e danificou os componentes internos

 

A Bosch orienta que o técnico escolha a aplicação correta para determinado carro, pois o modelo do filtro depende do veículo, ano e motorização. “Sempre de acordo com as especificações do manual de proprietários, inclusive em relação ao tipo de óleo”, completa.

De acordo com a Mann Hummel, a manutenção incorreta dos filtros pode resultar nos seguintes problemas:

– Vazamento por falta de aperto: se o filtro não estiver com o aperto ideal (de ¾ a 1 volta) pode haver vazamento, não só no instante da instalação, mas também depois quando o veículo estiver em uso (devido ao aumento da temperatura do motor). Se não for corrigido em tempo, podem ocorrer danos graves, inclusive levando a parada total do motor.

– Vazamento por trinca na caneca: quando o filtro é montado com auxílio de alguma ferramenta, pode-se acabar marcando (amassando) a caneca, o que gera um ponto fraco, sujeito à fadiga do material. Com a pulsação natural do sistema de lubrificação do motor, esse ponto pode trincar, gerando vazamento do óleo do sistema.

– Parada do motor por aplicação incorreta: cada grupo de motores exige especificações diferentes de papel, pressão de abertura de válvulas e eficiência de filtragem, entre outros. Não respeitar a aplicação indicada para o veículo pode prejudicar permanentemente partes móveis e componentes internos pela passagem excessiva de contaminantes, por exemplo, ou abertura precoce ou tardia das válvulas.

Instalação

Ao instalar um filtro, o técnico da Mann-Hummel, André Luiz Gonçalves, orienta verificar se não há amassado no filtro do óleo e se a aplicação está correta. “Ao remover o filtro usado, verifique se a junta saiu junto com o filtro ou se ficou presa no bloco. Limpe muito bem a região de assentamento da junta no bloco do motor com um pano – e não com estopa – para evitar que fios e outros contaminantes fiquem grudados na região de vedação ou, ainda, sejam levados pelo óleo para dentro do motor”, complementa.

 

3380

 

O engenheiro da TecFil, Roberto Rualonga, explica ainda que caso o filtro do óleo não seja trocado corretamente pode ocorrer o desgaste prematuro do motor e com isso aumentar a folga entre as peças moveis, fazendo com que aja um consumo maior de óleo lubrificante, persistindo nesta falha pode chegar ao travamento do motor.

Como trocar

 

3391

O primeiro procedimento que o técnico deve efetuar é remover o protetor do cárter, para ter acesso ao bujão de escoamento do óleo. A Bosch indica que o dreno seja feito de maneira convencional, ou seja, por baixo do carro, para esgotar todo o óleo, principalmente, aquele acumulado no fundo do cárter, onde na maioria das vezes se acumula a sujeira também.

Nessa matéria fizemos a troca do filtro de um veículo Chevrolet Corsa, ano 2006, motor 1.8 Flexpower.

1) Comece retirando a tampa de abastecimento do óleo e a vareta indicadora do nível do motor, para melhor escoar o óleo sujo que está dentro do cárter.

3381

2) Esgote o totalmente óleo através do dreno, não esqueça que o motor ainda deve estar aquecido.

3382

3) Em seguida, remova o filtro usado. Se for necessário, use uma ferramenta projetada para a operação. (3a)

  • 3377
  • 3378

Obs.: O filtro removido, assim como o óleo usado, devem ser descartados corretamente para preservação do meio ambiente. (3b)

4) Antes da instalação, limpe a área de vedação do bloco do motor com um pano limpo. Evite usar estopa para não deixar fiapos, que podem provocar vazamento e mau funcionamento do filtro.

5) Verifique se a junta de vedação do filtro está bem assentada em seu alojamento.

3383

 

Obs.: Uma dica importante é lubrificar o anel de vedação do filtro antes da instalação para escorregar e deslizar melhor o anel.

6) Rosqueie o filtro no cabeçote até a junta encostar na área de vedação do motor. Depois, aperte manualmente de 3/4 a 1 volta, aproximadamente. Se não apertar corretamente pode causar vazamento e até fundir o motor.

3384

Obs.: outra dica prática é usar uma lixa para rosquear, para que a peça fique mais rugosa e facilite na hora de apertar com o torque indicado.

7) Coloque o bujão de escoamento e feche a saída, para encher o cárter com o óleo lubrificante novo e corretamente especificado para o veículo. Nesse caso é um semi-sintético do tipo 10W40.

3385

8) Antes de tirar a medida, dê a partida no carro e verifique se a lâmpada indicadora do painel se apaga após 10 segundos, no máximo. Desligue o motor, para fazer o líquido circular e ter a medida ideal: 3,5 litros.

3386

9) Após alguns minutos, verifique se há vazamento de óleo na região da vedação; se houver, reaperte manualmente.

Muita atenção

> Deixar passar o tempo, causa prejuízo no motor

> Óleo parado tem que ser trocado

> Verifique se o óleo está preto e grosso

> Óleo não especificado não danifica o filtro, somente reduz a vida útil do motor

> Não troque o óleo sintético por mineral ou vice-versa.

> O uso de ferramentas para montar o filtro, pode danificar o corpo do mesmo, gerando vazamentos durante o funcionamento do motor.

> A válvula de segurança faz o óleo voltar para o motor para não fundir o motor e continuar funcionando.