Por: bit.ly/1XSAgUt

Apenas cerca de 24% do óleo lubrificante utilizado no país é reciclado, além disso o seu reaproveitamento ou refinamento permite que o produto seja transformado em óleos básicos e novamente ser reutilizado como matéria prima.

O óleo lubrificante deve ser encaminhado a postos de coleta e reciclagem.

O óleo lubrificante é um dos poucos derivados de petróleo que não tem sua procedência totalmente consumida, porém o seu uso contribui para uma contínua degradação ambiental e a cada troca, sempre resta um pequeno volume capaz de provocar sérios danos a natureza.

Então, como reciclar o óleo lubrificante?

O óleo lubrificante é considerado um produto nocivo à saúde e ao meio ambiente, para descartá-lo de forma correta basta levar os restos de resíduos em locais apropriados que reciclam o óleo transformando-o podendo ser utilizado para diversos fins, economizando recursos naturais, gerando economia e além de tudo preservando o meio ambiente.

A lei do CONAMA Nº362/05 determina que cada setor produtivo do resíduo seja totalmente responsável quanto ao recolhimento e coleta, além da destinação correta do óleo lubrificante para o refino.